• SINDEPRESTEM e FENASERHTT recebem amigos e parceiros em Almoço de Confraternização
  • FENASERHTT E SINDEPRESTEM comemoram mudança na cobrança de PIS e COFINS no Trabalho Temporário
  • Contratação de empresa de Trabalho Temporário gera crédito de PIS E COFINS - Posicionamento Receita Federal
  • REFORMA TRABALHISTA – LEI N. 13.467/17 - Com a Reforma Trabalhista em vigor, atenção para estas orientações
  • Jornal Fenaserhtt
  • Sindeprestem patrocina 37º FÓRUM GERH
  • BRASIL RETOMA POTENCIAL DE INVESTIMENTO COM NOVAS LEIS TRABALHISTAS
  • SETOR DE SERVIÇOS ALERTA CASA CIVIL E MINISTÉRIO DO TRABALHO  PARA INTERFERÊNCIAS NA REFORMA TRABALHISTA
  • FENASERHTT diz ser contra MP da Reforma Trabalhista em Audiência com Ministro Ronaldo Nogueira
  • comunicado_vander
  • fórum cebrasse
  • Wec50anos
  • DECISÃO FAVORÁVEL : FENASERHTT CONSEGUE EXCLUSÃO DO ISS DA BASE DE CÁLCULO DE PIS/COFINS
  • 2910x450 Banner Bombeiro Civil Cartilha Sindeprestem
  • Sindeprestem Institucional
  • Benefício Social Familiar
  • 26anos Novo

08/11/2017 | Pesquisa da FGV aponta melhora à frente para mercado de trabalho - O Globo

SÃO PAULO - O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) voltou a subir em outubro, sinalizando um mercado de trabalho favorável nos próximos meses, afirmou nesta quarta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV).

A FGV informou que o IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, registrou no mês passado avanço de 2,3 pontos e atingiu 102,9 pontos.

“A recuperação gradual da economia e as perspectivas de um maior crescimento em 2018 sugerem que a geração de emprego deverá ser mais forte no próximo ano”, disse o economista da FGV/IBRE Fernando de Holanda Barbosa Filho em nota.

Segundo ele, o indicador reflete um sentimento de melhora dos empresários nas condições de negócios nos próximos seis meses e também expectativa dos consumidores de um cenário mais favorável para o mercado de trabalho.

Os dados, no entanto, mostram ainda que o Indicador Coincidente de Emprego (ICD), que capta a percepção das famílias sobre o mercado de trabalho, apresentou recuo de 0,5 ponto em outubro e foi a 97,1 pontos, mostrando que a situação atual do mercado de trabalho ainda é difícil.

No terceiro trimestre, o número de desempregados no Brasil foi abaixo de 13 milhões pela primeira vez desde o início do ano e a taxa de desemprego caiu a 12,4%, porém a melhora do mercado de trabalho continua baseada na informalidade.

Coffee News

Home Logo01
Home Logo02
Home Logo03
Home Logo04
Catho
Up Plan Logo 02